Olá pessoal!

 

No artigo anterior falamos sobre a importância do equilíbrio entre a tecnologia e a afetividade, e hoje refletiremos sobre o uso consciente das tecnologias na educação.

 

Com certeza todos nós já acordamos sem internet no celular ou no notebook e nos sentimos desconectados do mundo. Está sensação é normal, porque a tecnologia faz parte do nosso cotidiano e a grande parte da população não consegue mais viver sem ela. Então se não vivemos sem internet e aplicativos na escola, ou seja, no processo de ensino-aprendizagem, não pode e não deve ser diferente. Segundo, José Moran, as tecnologias digitais são muitas e de fácil acesso e podem ser utilizadas em qualquer lugar. Contudo, a boa aplicação/utilização dos aplicativos, por parte dos docentes e discentes é que fará a diferença no processo de ensino-aprendizagem. Atualmente não consigo ver a educação sem as Tecnologias da Informação e Comunicação TIC´S, aliás, hoje o uso das tecnologias está arraigado em todos os seguimentos, sejam educacionais, econômicos, culturais e mercadológicos. E como docente me sinto com a incumbência articular mecanismos de facilitação dos conteúdos e criar estratégicas para utilizá-las na sala de aula, aproximando o aluno na escola da sua realidade tecnológica fora dela.

 

Existem várias tecnologias que podem ser utilizadas na sala de aula como, vídeos, retroprojetor, o computador e a internet, assim como, a importância das escolas incorporarem as novas tecnologias nos processos pedagógicos. Vale lembrar que as tecnologias têm papel fundamental na aproximação do aluno ao conhecimento e uma das suas funções é dinamizar o ensino, diminuir as distâncias, facilitando a comunicação entre o mundo e a escola.

 

No entanto, as TIC´S devem ser utilizadas de forma que contribuam com a formação do conhecimento crítico do aluno, com o seu uso ordenado e articulado.  As ferramentas devem estar sincronizadas com o plano de ensino e a gestão escolar deve proporcionar o acesso constante às capacitações e especialmente as que têm foco nas novas tecnologias para os docentes; para que aconteça uma utilização e apropriação dos recursos tecnológicos no processo de ensino-aprendizagem.  A tecnologia veio para ficar e as escolas devem cada vez mais se apropriar dos recursos para evitar que o ensino fique obsoleto. Lembrando que os alunos de hoje serão os profissionais de manhã, e nós professores temos como missão facilitar nas salas de aula para que ocorra um ensino com qualidade e atualizado, contribuindo com o futuro do nosso país e do mundo.

 

Fontes: Texto Tecnologias Digitais Para Uma Aprendizagem Inovadora http://www2.eca.usp.br/moran/. Acesso em 06/10/17.

 

Compartilhem conosco as ferramentas tecnológicas que você utiliza para aprender e para ensinar.

 

Abraços e até logo!

 

Patrícia Vieira

Professora Especialista em Gestão de Pessoas e Psicologia Organizacional e Graduanda de Pedagogia pela Univesp/SP.

FanPage: fb.me/propatriciavieira

Email:propatriciavieira@gmail.com

 

 

Conheça outros artigos, clicando aqui.